Trabalhadores da Samsung, afastados pelo INSS, criam comissão com apoio do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas

Em reunião realizada na terça-feira, 2, entre o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), Valdemir Santana, e vinte funcionários da Samsung que estão afastados pelo INSS, foi criada uma comissão para representar os quase 400 trabalhadores que estão afastados da empresa pelos códigos 31 e 91.

Segundo os trabalhadores, a Samsung não está oferecendo o transporte para o deslocamento até a clínica onde eles fazem tratamento.

De acordo com Santana, as empresas são obrigadas a fornecer transporte aos funcionários que estão afastados por esses códigos. Assim como também, dar outros suportes. “A maioria das empresas do Polo Industrial de Manaus sabem que são obrigadas a dar todo o suporte para os trabalhadores afastados pelos códigos 31 e 91, mas não cumprem a legislação”.

O presidente solicita que os trabalhadores que estiverem nessa situação procurem o sindicato para que a entidade os represente na justiça.

Blogueira Maria Frô debate democratização da mídia com metalúrgicos da CUT

image

O discurso do ódio como ameaça à democracia e as estratégias da esquerda para o seu enfrentamento. Este foi o tema de discussão do primeiro dia do encontro dos Coletivos Nacionais de Mulheres, Igualdade Racial, Formação, Juventude e Saúde da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT). O debate, que aconteceu nesta terça-feira (02), foi conduzido pela professora, historiadora e blogueira Conceição Oliveira, conhecida como Maria Frô.
Continue lendo Blogueira Maria Frô debate democratização da mídia com metalúrgicos da CUT

Trabalhadores da Liteon serão representados pelo Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas

4a2l4u4x3i1l3n0d9g0m5q3xOs trabalhadores da empresa Liteon Mobile In. e Com. Plástico decidiram em assembleia realizada no dia 26 de janeiro de 2016 pela migração dos associados Sindicato dos Plásticos para o Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM).

A assembleia foi realizada na sede da entidade pelo presidente do sindicato, Valdemir Santana, que informou e esclareceu aos trabalhadores os termos da Convenção Coletiva de Trabalho da nova categoria.

Na ocasião, os trabalhadores aprovaram também um acordo de compensação onde folgarão em regime de compensação no período de 1º a 28 de fevereiro, totalizando 17 dias, que serão compensados conforme datas e jornadas de trabalho abaixo:

16 de abril de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

07 de maio de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

21 de maio de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

04 de junho de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

18 de junho de 07:30 às 15:30 – com 1 hora de intervalo

02 de julho de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

16 de julho de 07:30 às 15:30 – com 1 hora de intervalo

30 de julho de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

13 de agosto de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

27 de agosto de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

10 de setembro de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

17 de setembro de 07:30 às 15:30 – com 1 hora de intervalo

1 de outubro de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

15 de outubro de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

5 de novembro de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

19 de novembro de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

3 de dezembro de 07:30 às 16:30 – com 1 hora de intervalo

Detalhes do acordo

Conforme ficou acordado, que será considerado como falta e descontado legalmente se o trabalhador faltar nos dias convocados para compensação.

Os dias 8, 9 e 10 de fevereiro não serão computados para o período de compensação, sendo liberado pela empresa.

Os empregados admitidos após o dia de folga, serão dispensados da compensação e caso precisem trabalhar receberão horas extras de 60%. Os admitidos no período de folga, trabalharão conforme o acordo.

 

 

 

CONVOCAÇÃO EX-TRABALHADORES DA H-BUSTER

convocaçãoO Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM) convoca os ex-trabalhadores  da empresa H.Buster com os nomes constantes na lista abaixo para comparecerem no Setor Jurídico do Sindicato no horário a partir desta segunda-feira, (01/02) até sexta-feira, (05/02), das 9h às 12h e das 14h às 17h, para tratar do seguinte assunto:

Por cumprimento a determinação da juíza Adriana Lima de Queiroz, cada trabalhador deve assinar Termo de Declaração indicando se pretende prosseguir ou não com a ação processual nº 0001577-09.2015.5.11.0017.

O presidente do sindicato, Valdemir Santana, ressalta a importância do comparecimento dos trabalhadores para que os mesmos se manifestem.

Acesse a lista clicando AQUI.

Carnaval, Samba, Forró e Música Eletrônica faz parte do fim de semana do Balneário do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas

IMG-20160129-WA0000[1]

O Balneário dos Metalúrgicos do Amazonas preparou uma programação muito especial para este fim de semana.

O ritmo de carnaval ficará por conta da Bateria Furiosa do Reino Unido da Liberdade que tocará além dos sambas da escola, sambas de enredo das escolas do Rio de Janeiro.

A banda BomBado promete tocar os melhores forrós e durante os intervalos, o Dj MJR tocará as músicas eletrônicas do momento.

Não perca!!!

O Balneário dos Metalúrgicos do Amazonas fica localizado no KM 27 da AM 010 (Manaus – Itacoatiara).

 

Veja como foi o fim de semana no Balneário dos Metalúrgicos do Amazonas

Cascata

O Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas possui um espaço ecologicamente correto para que seus associados e visitantes tenham dias de lazer e entretenimento com sua família e amigos.

Acompanhe como foi o fim de semana de quem esteve no Balneário do Sindicato dos Metalúrgicos. Neste sábado e domingo tem mais.

Veja mais fotos em nossa Galeria de Fotos.

Empresa Positivo Informática amplia produção em Manaus

foto4
Fábrica já garantiu cerca de 300 empregos em Manaus (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)

A empresa Positivo Informática, que inaugurou nova fábrica em Manaus na quinta-feira, (21),  pretende produzir de 80 a 270 mil PCs e tablets por mês.

Inicialmente fixada no estado do Paraná, a nova planta fabril da Positivo tem capacidade produtiva de 80 a 270 mil produtos fabricados por mês. Segundo o diretor Edson Toffoli, atualmente, a fábrica emprega cerca de 300 pessoas, mas pretende chegar até mil empregos gerados na capital.

“A gente trouxe linhas com conceito mais flexível, porque a nossa operação em Manaus estava concentrada em notebooks. Como agora a gente quer atender desktops, ‘tudo em 1’ e  tablets, as linhas precisam ser mais flexíveis, então ela veio para cá com um conceito diferente”, afirmou.

Para o presidente da Positivo, Hélio Rotenberg, a crise é um momento de oportunidades. “Não tem jeito, a gente tem que continuar. Realmente, a notícia do fim da isenção do PIS/Confins foi muito ruim para a indústria, porque além do aumento dos custos que estão acontecendo por causa do dólar, nós tivemos mais essa pancada de 10% no momento que o consumo cai”, comentou.

Segundo a superintendente da Suframa, Rebecca Garcia, mesmo com a crise, o modelo do Polo Industrial consegue atrair grandes empresas com propostas novas. “Apesar de estarmos vivendo um momento de não tranquilidade na economia brasileira, é um momento de se investir sim, demonstrar que o que estamos passando é passageiro, e que novas vagas de emprego estarão abrindo com empresas que começam a repensar o Polo Industrial de Manaus”, afirmou.

Fonte: G1 Amazonas

Fabricante de TVs Philips fecha fábrica em Jundiaí e vem para Manaus

phillipsA taiwanesa TPV, que produz TVs e monitores com as marcas AOC e Philips, decidiu fechar sua fábrica na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo e transferir a produção para a fábrica da companhia em Manaus, onde já são feitas as TVs das marcas AOC e Philips.

Em comunicado, a TPV informou que a decisão foi tomada por motivos estratégicos e que a centralização das operações “trará eficiência e sinergia, incrementando a competitividade da companhia”.

A migração da produção tem previsão de começar em abril e terminar em julho. Em Manaus, a empresa emprega 800 pessoas. A expectativa é contratar mais 250 para suportar a demanda extra.

Fonte: Valor Econômico

 

 

Diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas toma posse

12565481_945071422244799_8048259547314460688_nCom a presença de representantes de sindicatos, centrais sindicais, empresas, da Suframa e de lideranças políticas, tomou posse no dia 24 de janeiro, no auditório do Senai, a diretoria eleita em novembro do ano passado.

“Os (dirigentes) novatos terão a responsabilidade de levar adiante as conquistas até aqui alcançadas”. Este foi o recado do presidente Valdemir Santana aos diretores empossados.

Santana destacou a pluralidade de ideais entre os membros da direção enfatizando que na diretoria estão representados trabalhadores da CUT, Força Sindical e CTB, “Nõs não queremos exclusividade. Queremos companheiros que defendam os trabalhadores”, disse.

Retomando a história de lutas do Sindicato dos Metalúrgicos, Santana lembrou que antes de 1988, quando as trabalhadoras ficavam grávidas, eram demitidas.

“Antes da Constituição, na primeira greve deflagrada no Distrito Industrial, conquistamos a licença maternidade de 120 dias”, recorda Santana, acrescentando que “o único sindicato que tem creche ate os seis anos de idade é o nosso”.

O presidente do Sindicato pontuou também que no ano passado a categoria conquistou um por cento de aumento real e isso representou mais de 400 milhões na economia local.

As negociações de PLR somaram R$ 250 milhões em 170 das mais de 700 fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Por fim, Valdemir Santana reafirmou a luta pela melhoria da saúde, condições de trabalho e alimentação. “Todo ano vai aumentando o exército de trabalhadores e trabalhadoras doentes. As empresa mandam os doentes para o Governo Federal tratar mas nós vamos lutar para que  coloquem postos de trabalho decentes”, enfatizou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos.

Conforme determinação estatutária, o  mandato da gestão atual se encerrará em 2020.