A Central Única dos Trabalhadores (CUT), recebeu denúncia contra a empresa Supporte Logística Integrada, com matriz em Uberlândia (MG), que vem atendendo a várias fábricas do Polo Industrial de Manaus.

 

Pelo menos 4 (quatro) trabalhadoras foram assediadas sexualmente, pelo ‘tarado de Uberlândia’, que faz parte da chefia dessa empresa, e, que quando as funcionárias não aceitam sair com ele, ele manda demitir.

 

O presidente da CUT, Valdemir Santana, está denunciando às empresas sobre o fato ocorrido, que originou as denúncias, e que o Sindmetal-AM da categoria e a CUT estarão averiguando e entrando em contato com a Matriz, notificando-a, das denúncias recebidas.

 

Assim como nas empresas que recebem o serviço da Supporte Logística Integrada, da nossa categoria, as metalúrgicas, que não será permitido esse tipo de abordagem, de assédio, às nossas trabalhadoras, visando obter favor sexual em troca de melhores condições de trabalho, melhoria de salário ou para fazê-las temer a perda do emprego.