O Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM) nestes últimos 15 anos tem sua história marcada por lutas, conquistas e vitórias, na representação e na defesa dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM), se tornando o maior sindicato da região Norte do Brasil.

 

Durante esses anos até hoje, foram muitas histórias de divergências com os patrões, mas a postura do Sindmetal-AM diante da classe operária sempre foi na luta por seus direitos trabalhistas, um reflexo direto das transformações no mundo do trabalho, ligadas ao sistema econômico de produção, que tem passado por profundas transformações de natureza econômica, social, política e institucional.

 

Fazendo um balanço dos fatos marcantes da atuação dos dirigentes sindicais do Sindmetal-AM em defesa dos direitos dos trabalhadores do Amazonas, destacamos a presidência de Valdemir Santana e da diretoria sindical, com importantes vitórias conquistadas ao longo dessas décadas.

 

Dentre elas, a licença maternidade de 180 dias para as trabalhadoras do Amazonas e uma das mais significativas conquistas, gira em torno da participação dos trabalhadores nos Lucros e Resultados (PLR), esses acordos foram firmados entre as empresas e a comissão de trabalhadores com a atuação do Sindmetal-AM, e a maioria dos acordos mantém a média dos valores, com a adesão de mais empresas a cada ano que passa, refletindo no aumento da economia do estado.

 

A manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), que detém benefícios importantes, como: plano de saúde, transporte especial, creche, alimentação e muitos outros benefícios conquistados através de muitas lutas.

 

Valdemir Santana, Presidente do Sindmetal-AM diz a todos os trabalhadores: “continuamos acreditando que a mudança para o melhor é possível, lutando por dias melhores e merecidos por toda a classe trabalhadora deste estado, da qual fazemos parte!”