O Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas está colocando na pauta de reivindicação da campanha salarial de 2013, o Contrato de Maioridade como objeto de sustentação dos empregos de trabalhadores acima dos 35 anos de idade. Hoje, considerados “velhos” na maioria das empresas do Distrito Industrial do Amazonas.

De acordo com o presidente da entidade trabalhista, Valdemir Santana, as indústrias do Polo Industrial de Manaus – PIM esta substituindo mulheres trabalhadoras acima dos 30 anos de idade e homens trabalhadores acima dos 35 anos de idade por força de trabalho mais jovem. Essa prática, discriminatória tem contribuído para deixar centenas de trabalhadores, experientes, sem chances de integrar o mercado de trabalho, mesmo sendo tecnicamente mais capacitados para o cargo.

Em 2011 e 2012, Valdemir chegou a denunciar a prática discriminatória para a justiça do trabalho, sem êxito. Esse ano, chamou a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos para inserir esse ponto na pauta de reivindicação e lutar para passar o Contrato de Maioridade como meta prioritária dentro da Campanha Salarial de 2013 dos Metalúrgicos do Amazonas.