IMG-20131105-WA0007

Sindicalistas de todo o Páis participaram do evento. Foto: Ricardo Ferreira/Arquivo Pessoal

Foi para debater mecanismos que garantam a aplicação da norma regularizadora do trabalho em máquinas e prensas, com foco na saúde e segurança dos trabalhadores, a partir da formação adequada de cipeiros e representantes dos metalúrgicos no chão da fábrica, que o Secretário de Saúde do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, Ricardo Ferreira, os cipeiros David de Souza Neto (Metalfino) e Marides Maçal (Yamaha), participaram do Seminário Nacional “Trabalho em Máquinas e Prensas – a NR 12 e a Categoria Metalúrgica”.

Realizado nos dias 23 e 24 de outubro na sede da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da Central Única dos Trabalhadores (CNM/CUT), em São Bernardo do Campo (SP), o evento foi promovido pela Secretaria de Saúde da CNM/CUT e reuniu 40 dirigentes sindicais da base metalúrgica cutista de todas as regiões do país. Também participaram do evento técnicos do Ministério do Trabalho e Emprego, Fundacentro e Ministério Público do Trabalho.

Para Ferreira, a participação dele e dos cipeiros no seminário é um ganho para os trabalhadores do Polo Industrial de Manaus, uma vez que eles são pessoas do chão de fábrica que estão envolvidos diretamente neste processo. “Temos que reforçar para os trabalhadores a importância da NR 12 como instrumento que garante a segurança no local de trabalho e que possui um investimento muito alto por parte das empresas”, enfatizou.

Na avaliação da secretária de Saúde do Trabalhador da CUT Nacional, Junéia Batista, a saúde do trabalhador deve estar sempre no topo dos debates do movimento sindical, porque ela precisa ser defendida em todos os setores.