Avanço da competitividade eleva escolaridade no PIM

//Avanço da competitividade eleva escolaridade no PIM

Avanço da competitividade eleva escolaridade no PIM

O grau de escolaridade dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM) tem crescido nos últimos anos, reflexo do aumento da exigência das empresas provocado pela competitividade do mercado, cada vez maior. Quem não possui Ensino Médio, normalmente, tem poucas chances, mesmo para atividades com baixa exigência de algum conhecimento técnico. Como resultado, oito em cada dez trabalhadores da indústria do Amazonas têm, pelo menos, o Ensino Médio completo. Com isso, o Estado lidera o ranking de escolaridade dos industriários, e fica à frente até de São Paulo e da Bahia.

Isso influencia os salários. Os trabalhadores da indústria amazonense receberam, em média, R$ 2.714,70, no ano passado, o quarto maior salário do País, atrás do Rio de Janeiro (4.065,44), do Distrito Federal (3.203,96) e de São Paulo (3.155,09). Os salários da indústria do Amazonas são 3,3% superiores à média do Brasil. As informações são do Perfil da Indústria nos Estados, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

FONTE: D24am

2017-11-21T11:04:37+00:00 Blog de Notícias|0 Comentários