10733698_712718955484581_880958569_n

Foto: Arquivo Sindmetal

Há mais de dois anos o Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal) e os diretores da empresa Suzuki da Amazônia solicitaram da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) a pavimentação da estrada que dá acesso à fábrica, localizada no Distrito II, Zona Leste de Manaus, no entanto até o momento nada foi feito.

Na manhã desta segunda-feira (13), a forte chuva que caiu na cidade agravou a situação da falta de asfalto e os buracos existentes no local, impedindo que as rotas que transportam os trabalhadores chegassem na empresa.

Segundo o dirigente sindical do Sindmetal, Waldemar Ferreira, a estrada representa um risco diário para os mais de 300 funcionários da empresa. “Há mais de dois anos o sindicato enviou um documento para a Suframa, inclusive com fotos, solicitando asfalto e reparos, mas até agora nada”, disse Ferreira.

Para o presidente do Sindmetal, Valdemir Santana, a Suframa está deixando a segurança do trabalhador de lado e fechando os olhos para um problema que vem se arrastando a muito tempo. “Esse tipo de situação é inadmissível porque acaba afetando a rotina de trabalho da empresa, dos funcionários e da produtividade. Estaremos acionando o nosso jurídico para tomarmos as medidas necessárias para resolver o problema”.