O diretor sindical Cosme da Costa Lima, recebeu denúncia de funcionários da Esquadran, fábrica de esquadrias metálicas, de que eles estariam trabalhando sem carteira assinada e quando são demitidos, não recebem os seus direitos.

Cosme disse que o Sindicato vai apurar o caso e, se ficar constatado a falha da empresa, ele levará o assunto para a Superintendência Regional do Trabalho – SRT-AM e lutar para que a empresa regularize a situação dos trabalhadores ou, ser multada caso permaneça descumprindo a CLT e a Convenção Coletiva da Categoria.

Os trabalhadores denunciaram ainda, que a Esquadran está obrigando eles de fazerem horas extras além do normal. Ou seja, mais que o permitido pela CCT e CLT.