No início do mês de outubro, os dirigentes sindicais do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, Francinei Guedes e Djalma Pinheiro conseguiram fechar um acordo para que a empresa GBR Componentes da Amazônia pague, com 110%, as horas extras realizadas por seus funcionários durante os feriados aos sábados.

zona-franca-manaus1

Para Francinei Guedes, o acordo nada mais é do que o cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho que entrou em vigor em de julho 2013, com validade até 2015.

O texto do documento estabelece ainda que, a jornada de trabalho aos sábados corresponda a 7:20 e que a empresas paguem o excedente como hora extraordinária dentro do próprio mês.