O fogo pode ter começado a partir de um curto circuito em uma empilhadeira elétrica e rapidamente se alastrou destruindo todo o galpão Jutaí em uma área total de 1.600 m².

 

 

 

 

 

o fogo pode ter começado a partir de um curto circuito em uma empilhadeira elétrica e rapidamente se alastrou destruindo todo o galpão Jutaí em uma área total de 1.600 m².

O fogo pode ter começado a partir de um curto circuito em uma empilhadeira elétrica e rapidamente se alastrou destruindo todo o galpão Jutaí em uma área total de 1.600 m².

Um incêndio de grandes proporções destruiu na noite desta quarta-feira (8) um depósito da empresa Moto Honda da Amazônia, no Distrito Industrial.

De acordo com o coordenador de operações do Corpo de Bombeiros, Orleilson Muniz, o fogo pode ter começado a partir de um curto circuito em uma empilhadeira elétrica e rapidamente se alastrou destruindo todo o galpão Jutaí em uma área total de 1.600 m². O galpão era utilizado como depósito de materiais inflamáveis, como papel e papelão.

De acordo com o capitão, a bateria do equipamento pode ter causado o fogo no atrito com o material inflamável. Os funcionários da empresa foram liberados, devido ao risco de outros galpões serem atingidos pelo fogo.

 

O incêndio só foi controlado na madrugada depois de destruir o depósito.

Doze viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas e a ação de combateu ao fogo envolveu 48 bombeiros. Foram utilizados 88 mil litros de água.

Duas equipes dos Bombeiros ficaram na manhã de hoje, quinta-feira (09) fazendo o rescaldo.