Microsoft-fabrica-brasilO presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), Valdemir Santana, verificou algumas irregularidades nas empresas Microsoft, Flextronics, Lenovo e Carboquímica da Amazônia.

De acordo com Santana, um dos casos mais graves estão acontecendo nas empresas Microsoft e Flex, que estão terceirizando os serviços de forma irregular. “Temos o conhecimento de que a Microsoft encerrará suas atividades em Manaus no mês de outubro. O que não sabíamos é que ela terceirizou os serviços na Flextronics e terceirização é crime”, revelou o presidente.

Outra irregularidade apontada por Santana está relacionada a demissão de trabalhadores afastados pelo INSS nos códigos 31 e 91. Ele afirmou que esses trabalhadores não podem, de forma alguma, serem demitidos.

Santana informou que ainda nesta semana, a direção do sindicato entrará em contato com a empresa para resolver este caso.

LENOVO

O presidente da entidade orienta os trabalhadores da Lenovo a ficarem atentos ao pagamento do reajuste salarial a ser realizado pela empresa no final deste mês. “O reajuste deve ser feito com base na tabela de bens finais, conforme a Convenção Coletiva de Trabalho”, explicou.

Confira na imagem abaixo ou clique em Piso e Reajuste – Categoria Eletrônica

01CARBOQUÍMICA

Aos trabalhadores da empresa Carboquímica, onde a empresa estava servindo água em garrafas pets devido a falta de copos, Santana disse que o sindicato já entrou em contato com a empresa, e a mesma se comprometeu em resolver o problema.