Milhares de demissões nas indústrias de Manaus podem ocorrer, após aprovação de nova isenção de impostos sob equipamentos de informática

Governo Federal assinou, no dia 10 de maio deste ano, uma medida que isentou de imposto de importação, uma extensa lista de equipamentos de informática e bens de capital, depois de aprovada sem ressalvas pelo Comitê de Gestão da Câmara de Comércio Exterior.

O diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM) e presidente do movimento sindical do PDT, Afrânio Barão, alerta…

No caso da Zona Franca de Manaus (ZFM), com o fechamento de linhas de produção, o setor industrial do Amazonas, poderia perder mais de dez mil empregos diretos e 27 mil indiretos, em 11 empresas. Não conseguimos entender como a nossa bancada federal permitiu que isso fosse aprovado sem nenhuma discussão. Eles não têm vizinhos, parentes e eleitores que dependem do setor? Não foram eleitos com a promessa de defender o Polo Industrial?”, questionou.

O ministro Geraldo Alkimin, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, em Manaus prometeu resguardar os incentivos do Polo Industrial. No entanto, tem permitido que ações como essa sejam aprovadas, sem nenhuma dificuldade ou discussão feita pelo próprio ministério. Isso sem dúvidas, prejudica e muito os trabalhadores do setor.

Nesta segunda-feira (29/05), o presidente do Sindmetal-AM, Valdemir Santana, se reuniu com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), para resolver o impasse. No entanto, a instituição parece não reagir aos ataques ao modelo de desenvolvimento, mesmo após a troca de comando. Afrânio questiona também, a inércia do governo que deveria zelar pelos trabalhadores e a manutenção dos empregos.

Essa falta de técnicos na instituição, tem favorecido os lobistas que operam no Congresso com emendas de interesse das câmaras de comércio do Brasil, que preferem comprar estes produtos no exterior, na Ásia e Estados Unidos. Isso tudo em detrimento da indústria nacional. Se a Suframa concorda, que ao menos fizesse um estudo de impacto, e discutisse com a categoria também”, declarou.

Segundo o Governo Federal, são 64 novos bens de informática e telecomunicações beneficiados pela isenção. “Eles estão exterminando os empregos no Amazonas e no restante do Brasil. Esperamos que presidente Lula tome uma atitude, pois ele tem uma raiz sindical e entende o que passa a classe trabalhadora. Temos certeza que pelo seu histórico, ele será sensato. Ele precisa revogar esta afronta contra os trabalhadores do Amazonas e do Brasil”, completou Afrânio Barão.

Compartilhe:

Últimas Notícias

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – VENTISOL DA AMAZÔNIA INDUSTRIA DE APARELHOS ELETRICOS LTDA.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – BIC AMAZÔNIA S/A.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – FUJIFILM DO BRASIL LTDA.

DESTAQUES

EDITAIS

SINDICATO DOS METALÚRGICOS DO AMAZONAS

Somente MENSAGEM VIA E-MAIL!
Atendimento – Segunda a sexta-feira: 9 às 12h00 e 14 às 17h00
ouvidoria@sindmetal-am.org.br