No Amazonas, 14,3 mil podem sacar abono salarial

Têm direito quem está inscrito há cinco anos e trabalhou, pelo menos, 30 dias em 2014 e recebeu até dois salários. Foto: Raphael Alves.

A partir do dia 28 deste mês, 14.389 trabalhadores do Amazonas poderão sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014, que teve o prazo de pagamento prorrogado pelo Ministério do Trabalho. O volume total de recursos disponíveis chega a R$ 12,6 milhões.

Segundo dados atualizados pelo ministério, até o último dia 6, mais de 297 mil trabalhadores do Amazonas sacaram seus benefícios de abono salarial. No ano-base 2014, que tem pagamento no exercício 2015/2016, foram identificados 311.406 de empregados com direito de sacar o benefício.

O abono corresponde ao valor de um salário-mínimo, no caso, R$ 880. Têm direito a receber o benefício quem está inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos; tenha trabalhado, pelo menos, 30 dias em 2014 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e tenha seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O calendário de pagamento do abono ia até 30 de junho, mas foi prorrogado pelo Ministério do Trabalho. Os trabalhadores têm a chance de sacar o benefício entre os próximos dias 28 e 31 de agosto.

No caso do pagamento do Programa de Integração Social (PIS), que é voltado a quem tem carteira assinada, o trabalhador que possuir cartão cidadão e senha cadastrada pode sacar o benefício nos terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma casa lotérica. Se não tiver o cartão cidadão, pode receber o abono em qualquer agência da Caixa mediante apresentação de documento de identificação. O trabalhador pode obter mais informações sobre o PIS pelo telefone 0800-726 02 07, da Caixa.

Quem recebe o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) precisa verificar se houve depósito na conta. Caso isso não tenha ocorrido, deve procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do banco.

O recurso que não for sacado será devolvido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o trabalhador não poderá mais sacar o benefício referente ao ano-base 2014.

Em todo o Brasil, mais de 1,2 milhão de trabalhadores ainda podem sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014. O volume total de recursos disponíveis chega a R$ 1,084 bilhão, segundo o Ministério do Trabalho.

Fonte: d24am