Valdemir Santana – Presidente do Sindmetal-AM

Todos os deputados federais do Amazonas estão unidos com que há de pior na política brasileira contra os trabalhadores. No Congresso Nacional tramitam pelo menos 55 propostas e projetos de Lei derrubando tudo que foi conquistado pela classe trabalhadora na constituição. Os deputados amazonenses votaram a favor da terceirização em todas as etapas da produção, votaram contra os direitos sociais e, dentre eles, tem até pré-candidato a prefeito de Manaus.

Algum desses traidores ainda merecem seu voto?

Primeiro, eles traíram você com promessas mirabolantes e mentirosas.

Quem os elegeu estava certo de que faria algo de bom para os trabalhadores. Mas foi tudo farsa.

Depois, traíram o Brasil enquanto a presidenta Dilma estava à frente do Governo, apesar à crise econômica, tínhamos a certeza de que os direitos trabalhistas não seriam derrubados.

Eles, por sua vez, fizeram alianças com as bancadas ruralista, evangélica e dos policiais e se articulam para derrubar cada um dos direitos sociais, cada uma das conquistas do povo brasileiro.

Ao votar pelo impeachment da presidenta eleita “em nome de Deus, da família e blá blá blá”, os deputados e a deputada amazonense abriram as porteiras para corrupção. Nunca, em tão pouco tempo, menos de um mês, tantos Ministros perderam o cargo por envolvimento em escândalos de corrupção.

Os fatos falam por si só: já está mais do que provado que Dilma não praticou crime de responsabilidade, pois até a perícia do Senado já disse que não houve crime algum.

O preço da traição dos oitos deputados federais do Amazonas é muito alto.

Nenhum desses que apareça como candidato a qualquer cargo merece seu voto. O dia da eleição é o momento de dar o troco. Vamos pôr os traidores nos seus devidos lugares.