Até hoje, nunca se viu um momento tão importante para o trabalhador se unir a um sindicato.

Os sindicatos lutam para que os trabalhadores se beneficiem de uma melhor distribuição dos lucros das empresas, o que, por sua vez, leva a uma economia próspera e a uma sociedade estável.

Essa é a dúvida que tem deixado grande parte dos trabalhadores brasileiros intrigados. Mas por que eu preciso estar filiado? O que o meu sindicato faz por mim? Se eu não for sindicalizado o que estarei perdendo?

Então, o que as entidades sindicais oferecem?

Para que você, trabalhador, entenda a importância que o sindicato tem na sua vida laboral e até familiar, listamos 5 motivos para mostrar porque, atualmente, o sindicato se tornou indispensável para todas as categorias profissionais. Não perca tempo, busque o Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, sindicalize-se, participe da vida sindical e usufrua dos benefícios de uma categoria unida e forte em busca de melhores condições de trabalho.

Conheça o trabalho do seu sindicato, participe das ações e o ajude-o a ficar cada vez mais forte para garantir direitos e ampliar as conquistas.

 

1 – Melhores salários e benefícios sociais

Está comprovado que os trabalhadores que pertencem a um sindicato ganham mais do que os não sindicalizados. Os sindicatos utilizam sua força coletiva para negociar melhores salários, aposentadorias, férias, convênio médico, horas extras e outros. Os sindicatos realizam negociações com a empresa para obter o melhor negócio possível para os empregados, para que os mesmos não precisem realizar a negociação diretamente com o patrão.

E temos também a nossa Convenção Coletiva de Trabalho – CCT feita pelo Sindicato.

 

2 – Proteção Pessoal

Os sindicatos apoiam o empregado. Se o empregador tratar o trabalhador injustamente, você pode contar com o apoio e a representação especializada. O apoio e orientação jurídica e o diretor sindical é a pessoa confiável a quem recorrer quando o trabalhador não está feliz com o que acontece no trabalho ou quando a administração mostra comportamento reprovador.

 

3 – Igualdade

Os sindicatos defendem a igualdade de direitos e salarial. Lutam contra a discriminação de raça, gênero, orientação sexual e deficiência. Provocam o respeito e a dignidade no local de trabalho. Os sindicatos promovem o direito à maternidade, o trabalho flexível e os pagamentos de paternidade para que as responsabilidades de cuidados que possam ser compartilhadas.

 

4 – Saúde e segurança

Fato comprovado: os locais de trabalho sindicalizados são mais seguros. Isto se deve aos sindicatos não permitirem que os trabalhadores arrisquem suas vidas para alcançar os objetivos de produção ou para economizar dinheiro da empresa.

As únicas pessoas com autoridade moral para avaliar os riscos são aquelas que enfrentam esses riscos. A única maneira de ser ouvido é ter um sindicato. Com o apoio do sindicato, o trabalhador irá conquistar melhores condições de trabalho.

 

5 – Direitos Trabalhistas respeitados

O sindicato luta pela dignidade do trabalho humano, fazendo com que o trabalhador não se sinta inferiorizado frente à relação de trabalho. Conquistado um direito, pela legislação ou pela negociação coletiva, a grande dificuldade, muitas vezes, é garantir que ele seja implementado. O sindicato é responsável por fiscalizar o cumprimento dos pagamentos de salários e benefícios, os encargos como FGTS e INSS, se estão cumprindo as normas de saúde e segurança no trabalho, horas extras, horários de almoço e descanso, entre muitos outros pontos.