Presidente do Sindmetal-AM verifica irregularidades em várias empresas do Polo Industrial de Manaus

Início/Blog de Notícias/Presidente do Sindmetal-AM verifica irregularidades em várias empresas do Polo Industrial de Manaus

Presidente do Sindmetal-AM verifica irregularidades em várias empresas do Polo Industrial de Manaus

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), Valdemir Santana, verificou algumas irregularidades nas empresas LG, Calcomp, Inventus Power Eletrônica, GK&B, Midea Carrier, Positivo, Transire Eletrônicos e Sony.

De acordo com Santana, os casos mais graves estão acontecendo nas empresas Inventus e Midea Carrier, que estão oferecendo aos trabalhadores uma alimentação de péssima qualidade. “Na Inventus, constatamos vários trabalhadores com desvio de função e falta de oferta na creche. Enquanto na Midea Carrier, a PLR já foi aprovada pela comissão, mas há trabalhadores com desvio de função e mão de obra temporária,  agora aguardamos que seja regularizada a situação destes trabalhadores”, revelou o presidente.

 

 

 

LG

Os trabalhadores da empresa LG estão denunciando que estão oferecendo aos trabalhadores uma alimentação de baixa qualidade.

CALCOMP

Na empresa Calcomp os trabalhadores denunciaram sobre o pagamento do reajuste salarial que não foi efetivado conforme a Convenção Coletiva de Trabalho e irregularidades no horário de trabalho, Santana destaca que “a carga horária é de 8 horas diárias e 44 horas semanais”.

GK&B

O sindicato verificou várias denúncias de que a empresa GK&B Indústria de Componentes da Amazônia está praticando a terceirização irregular, mantendo vários trabalhadores sem carteira assinada, o Sindicato informa que caso essa situação não seja regularizada, será realizada uma Assembleia para que seja garantido os direitos trabalhistas de cada um.

POSITIVO

O presidente da entidade informa que já conversou com a direção da empresa Positivo para efetivar os trabalhadores que se encontram sob o regime de mão de obra temporária.

TRANSIRE

Aos trabalhadores da empresa Transire, denunciaram mão de obra temporária que não possuem assistência médica, Santana disse que o sindicato já entrou em contato com a empresa, e a mesma se comprometeu em resolver o problema.

SONY

Santana informou que  estará indo na empresa a partir de segunda-feira para resolver sobre a tabela do reajuste salarial que não está sendo usada da maneira correta pela empresa.

 

Nesta semana, a direção do sindicato entrará em contato com as empresas para resolverem todas estas situações, informou Valdemir Santana.

2017-10-16T08:33:37+00:00 Blog de Notícias|0 Comentários