O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Valdemir Santana, pede aos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM) que fiquem mais atentos ao contrato de prestação de serviço temporário oferecido pelas empresas e Recursos Humanos.

Santana informa que os contratos de mão de obra temporário só podem ser firmados pelas empresas tomadoras de serviços mediante acordo os RH’s que são parceiros do Sindmetal.

“Com essa medida o sindicato pode fiscalizar melhor esses contratos e identificar irregularidades”, disse o presidente ressaltando que a entidade já está fiscalizando as empresas.