02

Foto: Mirinéia Nascimento

Orientações sobre a violência contra a mulher, prevenção do câncer de mama e do colo de útero, sorteio de brindes, distribuição de camisas e um coquetel. Foi desta forma que a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal) comemorou o Dia Internacional da Mulher, na noite de sexta-feira (7), na sede da entidade.

A psicóloga da Rede de Apoio a Mulher, Valcineide Garcia, repassou informações as trabalhadoras do Polo Industrial de Manaus (PIM) sobre os tipos de violência que as mulheres podem sofrer e como elas devem proceder amparadas pela Lei Maria da Penha.

Proferida pela presidente do Grupo de Apoio às Mulheres Mastectomizadas da Amazônia (Gamma), Oriona Ohse, a palestra sobre prevenção dos cânceres de mama e colo de útero demonstrou que a detecção precoce da doença, por meio do autoexame e da realização periódica do preventivo são essenciais para evitar o câncer.

O presidente do Sidmetal, Valdemir Santana, disse que o sindicato realiza suas atividades, principalmente, voltadas à saúde da mulher. Segundo ele, atualmente a classe trabalhadora do Distrito Industrial é composto por 65% de mulheres. “Entre as muitas reivindicações para as mulheres, o sindicato está lutando por creches, que os planos de saúde ofereçam um hospital só para mulheres, instalação de duchas em todos os banheiros das empresas, ginástica laboral e intervalo a cada duas horas de trabalho para que as mulheres possam fazer asseio”, concluiu Santana.

Antes do coquetel de encerramento do evento, a diretoria do Sindmetal realizou sorteio de diversos prêmios entre as trabalhadoras presentes.