A assessoria jurídica do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM) ganhou na justiça do trabalho, em regime de liminar, a ação judicial de reintegração dos trabalhadorés desligados da Microsoft com doença ocupacional com licença pelo INSS, cipeiros e trabalhadoras grávidas.

Segundo o presidente do sindicato, Valdemir Santana, esse tipo de conquista demonstra a força do sindicato em representar a classe trabalhadora e em fazer a Lei ser cumprida. “Essa é mais uma vitória do trabalhador, que pode contar com o apoio do sindicato em qualquer situação”, disse o presidente.

Santana informou que amanhã irá procurar a empresa para verificar em que local os trabalhadores irão trabalhar e que nos próximos dias um novo comunicado será divulgado no site do sindicato.