Sem título-1

Imagem: Reprodução

Nesta quinta-feira (6), o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Valdemir Santana, estará comunicando a Delegacia Regional do Trabalho (DRT) sobre a terceirização irregular de 900 funcionários da empresa Moto Honda da Amazônia.

Segundo Santana, a diretoria do sindicato já havia solicitado a regularização dos funcionários para a empresa, porém, até o momento nenhuma providência foi tomada.

“O sindicato vai entrar com ação na justiça para que todos esses trabalhadores sejam contratados diretos pela empresa, que espertamente terceirizou os serviços de embalagem e almoxarifado para reduzir o salário dos trabalhadores. Eles estão recebendo salário mínimo quando tinham que receber R$ 1.100 reais “, disse o presidente.