Os dirigentes sindicais do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM) Sidney Malaquias e Dulce Sena realizaram, nesta quinta-feira (10), uma assembleia com os funcionários da Samsung Eletrônica da Amazônia para aprovar a pauta de reivindicação dos trabalhadores em relação a troca da empresa que fornece alimentação na Samsung.

Segundo o presidente do Sindmetal-AM, Valdemir Santana, os trabalhadores vinham fazendo várias reclamações ao sindicato quanto a alimentação servida na empresa. Diante disso, o sindicato realizou a assembleia onde os funcionários decidiram não só pela troca da empresa, mas também para que seja uma empresa local e com cardápio regional. “Alguns trabalhadores disseram que a comida na Samsung se resume em gelatina, frango e água de suco”, informou Santana.

Para o dirigente sindical Sidney Malaquias, existe a necessidade, não só na Samsung como em todas as empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), de um cardápio com pratos regionais. “Todas as empresas deveriam ouvir os seus funcionários quanto ao serviço de alimentação. Na Samsung, por exemplo, os trabalhadores querem uma empresa local que tenha em seu cardápio comidas regionais”, disse.

De acordo com a Samsung, a empresa realiza processo licitatório e avalia diversas empresas com atuação regional, capacidade técnica e experiência em atendimento da indústria e que a dieta regional é um dos critérios de seleção do novo fornecedor.

Santana reforçou que a empresa deverá, a partir de agora, atender a decisão dos trabalhadores. “Esperamos que a empresa cumpra este acordo, da mesma forma que democraticamente ouviu os trabalhadores hoje”.