O sindicalista Valdemir Santana, 49, já foi chamado de “dono do PT”, termo que abomina. Mas os fatos não deixam dúvida de que Valdemir é poderoso politicamente, comandando o Sindicato dos Metalúrgicos, a CUT do Amazonas e o diretório municipal do PT. Com ele, o PT saiu de seis mil filiados para os atuais 20 mil, contingente que ele promete ampliar para 50 mil num período de um ano. É dele a indicação do vice de Vanessa Grazziottin. E em clara batalha contra o líder das pesquisas eleitorais até agora, Valdemir usa a história recente da Zona Franca para atacar o tucano. Para o sindicalista, o PT com Lula e Dilma trata muito bem a Zona Franca, ao contrário do PSDB, quando governo fez o emprego recuar drasticamente em todo o Estado do Amazonas.

Na sequência, veja a entrevista imperdível, reproduzida do Blog da Floresta:

BLOGdaFLORESTA – Muitos sindicalistas usam os sindicatos como mola propulsora de ascensão social e de conquista de poder político. Como é a sua relação com o sindicato?
VALDEMIR SANTANA – É basicamente uma relação com um instrumento de luta em favor dos trabalhadores e também de defesa do modelo Zona Franca de Manaus por causa das constantes ameaças à estabilidade da nossa economia, dos empregos e da produção. Nossa luta é constante. Agora mesmo conquistamos um excelente acordo salarial em favor dos trabalhadores do Pólo Industrial de Manaus. Minha luta é tão intensamente que eu praticamente não tiro férias. Jamais usei o sindicato para fins particulares. Sempre andei no meu carro e não em veículos da entidade
BLOGdaFLORESTA – Qual é o futuro da Zona Franca de Manaus com o PT?
VALDEMIR SANTANA – Veja, o PT sempre tratou muito bem a Zona Franca de Manaus, seja com o presidente Lula ou com a presidenta Dilma Rousseff. Quando o presidente Lula assumiu o poder com a saída do tucano FHC, os empregos tinham caído para cerca de 30 mil empregos. Com Lula, o modelo saltou para mais de 100 mil empregos. No governo atual, a presidenta Dilma apresentou emenda ao Congresso Nacional prorrogando por 50 anos a vigência do modelo. Quem cuida mal da Zona Franca, portanto é o PSDB.
BLOGdaFLORESTA – E qual o futuro político de Valdemir Santana?
VALDEMIR SANTANA – Penso muito no presente. E sinceramente gosto de atuar nos movimentos sindicais.