imagesDiretores do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas entraram hoje, 01, com a pauta de reivindicação para excluir de vez, os problemas registrados na fábrica da Elgin da Amazônia. Entre os principais problemas estão: o desvio de função, a falta de creche para os filhos dos funcionários e a ginástica laboral, falta de área de lazer e sala de repouso para depois das refeições.

A diretora de base, Maria José Duda, disse que esse problema é antigo e, que a diretoria do Sindicato já conversou com a direção da fábrica, mas ainda existem muitos problemas a serem resolvidos.

Uma nova reunião com os empresários está sendo agendada para a próxima semana, quando pretendem usar de toda a argumentação para se chegar a um acordo final. A data da reunião ainda vai ser confirmada em breve.