grávida

Foto: Reprodução

Foi concedida a Reintegração da trabalhadora demitida grávida da empresa Salcomp.

O processo ajuizado pelo Advogado do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Dr. Waldir Barros Junior, concedeu a antecipação de tutela postulada a fim de ordenar a imediata reintegração da trabalhadora ao emprego, na mesma função, condições e direitos trabalhistas assegurados, inclusive, computando-se o tempo em que ela esteve afastada para todos os fins legais em relação ao seu contrato de trabalho.

Em caso de descumprimento da ordem de reintegração a Salcomp pagará multa diária no valor de R$ 150,00, a ser revertida em favor da funcionária, até o efetivo cumprimento da decisão.