IMG-20150410-WA0002Para discutir as reivindicações dos trabalhadores da Ifer da Amazônia, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Valdemir Santana, acompanhado de dirigentes sindicais e do advogado do sindicato Dr. Luis Fernando, realizou nesta quinta-feira (09), uma Assembleia Geral na frente da empresa.

Os trabalhadores reclamam do atraso de salários, do pagamento de férias e da entrega das cestas básicas. Também reivindicam a PLR e um acordo para o depósito do FGTS que a empresa não faz há 12 meses. Além disso, os planos de saúde e odontológico estão bloqueados.

De acordo com Santana, neste sábado (11), a Ifer estará entregando as cestas básicas aos trabalhadores e no prazo de 30 dias estará confeccionando um cartão de cesta básica que será entregue aos trabalhadores. Ele aproveitou para tranquilizar os trabalhadores sobre a possibilidade do fechamento da empresa. “A informação que nos foi repassada pela direção da Ifer é que a empresa não vai fechar”, esclareceu o presidente.

Sobre o plano de saúde, PLR  e o deposito do FGTS que está atrasado por 12 meses, a empresa também se comprometeu em regularizar as situações no prazo de 30 dias.

Caso a empresa descumpra o acordo e, principalmente, não faça o deposito do FGTS atrasado, ficou aprovado pelos trabalhadores que o sindicato entre com uma ação de Justa Causa contra a empresa na justiça do trabalho.

Todas as decisões tomadas na Assembleia foram registradas em uma Ata, que será divulgada no site na próxima semana.