11836830_1471453599845218_6131807662457663292_nEnvolvido pelo clima das grandes mobilizações nacionais o 12º Congresso da CUT-AM, realizado de 12 a 14 de agosto, no Centro de Convenções dos Metalúrgicos, Km 27 da AM 010, em Manaus, aprovou o Plano de Lutas e Ações a ser implementado pela nova diretoria.

11855705_1471453919845186_3305817086617714384_nO presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), Valdemir Santana, foi reeleito para o seu quarto mandato e assume a presidência da Central Única dos Trabalhadores do Amazonas (CUT-AM), integrando uma direção de 44 lideranças de diversos segmentos da classe trabalhadora no Amazonas.

Todos assumem seus cargos com o compromisso imediato de reforçar a Pauta da Classe Trabalhadora que destaca o centro das mobilizações convocadas pela CUT Nacional.

Para Valdemir Santana, a luta contra Plano Levi, entre outros pontos, exigem uma intervenção firme. “Gostaria de destacar a alegria de construir neste congresso uma chapa única que expressa a unidade entre as forças políticas existentes na classe trabalhadora em nosso estado, o compromisso continuar defendendo as bandeiras de luta dos trabalhadores e trabalhadoras”, avalia.

“O sucesso deste congresso só foi possível com o empenho de todos os sindicatos presentes. Vamos reunir forças porque temos que terminar o mandato com um balanço positivo em todos os aspectos. Um dos meus compromissos é continuar honrando nosso passado e protegendo nosso futuro”, finalizou Santana em coro com os presentes. “Viva os trabalhadores e as trabalhadoras. Viva a Central Única dos Trabalhadores”.

A nova diretoria da CUT-AM reeleita, contará com três membros do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Amazonas (Sindsep-AM), nos seguintes cargos: Walter Matos de Moraes que cuidará da Secretaria de Comunicação, Geralda de Souza Oliveira na Secretaria Pela Igualdade Racial e, Itamar de Oliveira Ondion na Diretoria Estadual.

O CECUT-AM 2015 reuniu cerca de 250 participantes delegados, observadores e convidados, entre delegados com direito a voto foram 168. Um evento representativo que consolida a atuação CUTista no seio da classe trabalhadora no Amazonas.

Fonte: Portal Gazeta Do Amazonas