Os Metalúrgicos do Amazonas querem negociar 6,19% de INPC, mais 5% de Aumento Real e mais 5% de produtividade.

Os Metalúrgicos do Amazonas querem negociar 6,19% de INPC, mais 5% de Aumento Real e mais 5% de produtividade.

O Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas – SindMetal, realiza hoje, 29, a partir da 18h, a Assembleia Geral, para informar aos trabalhadores a contraproposta patronal e deliberar sobre assuntos relacionados à Campanha Salarial 2013.

De concreto, o que existe é uma proposta patronal indecorosa e inaceitável, com índices muito abaixo da realidade inflacionária do País e que não justificam os índices de crescimento da economia do Estado e as metas produtivas e de faturamento das empresas do Amazonas.

O presidente do Sindicato, Valdemir Santana disse que os empresários só querem pagar  80% do INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor), que é de 6,19% em 2012, que equivale a 5,5% de reajuste para quem ganha até R$ 1.500,00 mês e, 0% para quem ganha acima disso. O sindicato só senta para negociar com a margem de 17,5% de reajuste. Ou seja, quer 6,19% de INPC, mais 5% de Aumento Real e mais 5% de produtividade.

Em 2013 o INPC já atinge a marca de 3,3% até Junho. “É inaceitável uma proposta dessa”, resumiu Santana. Ele está convocando a categoria a decidir nessa assembleia geral dos trabalhadores, hoje. É importante a presença de todos.