Diretores do Sindicato voltam às empresas para resolver pendências

//Diretores do Sindicato voltam às empresas para resolver pendências

Diretores do Sindicato voltam às empresas para resolver pendências

Passada a comemoração de aniversário dos 80 anos de existência do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, no sábado 28 de setembro, com grande festa no Sambódromo, a direção do Sindicato volta a campo para resolver assuntos pendentes em algumas fábricas do Polo Industrial de Manaus – PIM. Entre elas, a LG Electronics da Amazônia Ltda, que havia concordado com a direção do Sindicato em não fazer horas extras excessivamente.

Em reunião, os diretores da LG concordaram em negociar creches para os filhos de homens e mulheres, maior segurança na entrada dos trabalhadores na fábrica (com os ônibus entrando além dos portões da fábrica). Também concordaram em rever as promoções pendentes, implantar o descanso de 15 minutos, que ainda não existe, dar assistência médica aos temporários e passar o almoxarifado para os trabalhadores da própria fábrica.

Na Philco da Amazônia S/A, a diretoria do Sindicato vai se reunir com a direção da empresa para “checar” as denúncias de advertência por atraso na chegada dos trabalhadores. A outra situação pendente, é a fábrica não ter mudado o setor do “Micro Ondas”, que é quente demais e sem condições de trabalho.

Para a diretoria do Sindicato, a empresa já deveria ter chamado a Amazonas Energia para instalar o novo sistema elétrico, que vai dar condições de fazer a mudança. O Sindicato também quer 15 minutos de intervalo, que os trabalhadores tem direito.

Quanto as empresas – Cal-Comp Indústria e Comércio de Eletrônicos e Informática Ltda – a Salcomp industrial eletrônica da Amazônia ltda e a – NSR Indústria e Comércio, a diretoria do sindicato pede um pouco de paciência, porque elas serão visitadas a partir dessa semana. Nessas empresas, o Sindicato resolverá uma série de problemas, que estão pendentes.

A direção do Sindicato iniciam as reuniões essa semana, nas empresas.

A direção do Sindicato iniciam as reuniões essa semana, nas empresas.

Deixar Um Comentário