Dulce Sena, Secretária de Formação (à esquerda) e Rosiane Neves, Cientista Social (à direita). Foto: Mirinéia Nascimento

Dulce Sena, Secretária de Formação (à esquerda) e Rosiane Neves, Cientista Social (à direita). Foto: Mirinéia Nascimento

Dirigentes sindicais mais preparados para melhor representar a categoria e a sociedade. Este foi o objetivo do curso de Concepção e Prática Sindical para os Dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, realizado pela Secretaria de Formação, nos dias 17 e 18 deste mês.

Segundo a Secretária de Formação, Dulce Sena, cerca de 25 dirigentes participaram do evento que é uma das prioridades do Sindicato dos Metalúrgicos, da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM). “Estamos trabalhando com o Caderno de Formação Sindical onde a CUT e a CNM atuam numa formação transversal entre mulheres, jovens, negros e índios”, disse Sena.

Para a palestrante e Cientista Social, Rosiane Neves, o curso tem papel fundamental para se discutir a questão da concepção e da prática sindical diante do surgimento de novos militantes e dirigentes sindicais, que precisam dessa preparação para conduzir as negociações dentro da fábrica.  “A ligação entre a prática e a teoria é fundamental. Esse curso de formação faz com que o dirigente sindical possa atuar de forma mais efetiva na base”, complementou Neves.

Dividido em 3 módulos, o curso abordou temas como: ‘A Luta dos Trabalhadores no Brasil’; ‘O Novo Sindicalismo e a Fundação da CUT’; ‘Trabalho de base, organização e formação no local de trabalho – Da liberdade do capital ao direito dos trabalhadores’.