Evadin

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), foi confirmado que a empresa Evadin está com 60% de mão de obra temporária e está atrasando o pagamento dos funcionários. Os dirigentes sindicais já tomaram as providências e estão resolvendo as irregularidades, solicitando que a empresa cumpra a legislação trabalhista.

LG

De acordo com a direção do Sindmetal-AM, a empresa LG está tentando novamente enganar os trabalhadores pagando apenas R$ 200,00 de PLR para os funcionários, quando o saldo devedor real é de R$ 1.000,00. O Sindmetal também já está tomando as ações necessárias para resolver o problema.

Pionner

Burlando a lei, a empresa Pionner está deixando de pagar os trabalhadores por motivo de faltas, mesmo que eles tenham justificado. O dirigente sindical do Sindmetal-AM, Aldemir Miranda, já está representando os trabalhadores junto a empresa para que ela regularize a situação.