FB_IMG_1434546858507Salários atrasados, plano de saúde suspenso e desvio de função foram algumas das irregularidades que fizeram os trabalhadores da Ifer da Amazônia entrarem em greve na manhã desta quarta-feira (17).De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Valdemir Santana, desde o ano passado a empresa vem descumprindo com os acordos negociados pelo sindicato e aprovados pelos trabalhadores.

Santana disse que na última assembleia, os trabalhadores da empresa decidiram que caso a Ifer não cumprisse com o que ficou acordado, que o sindicato entrasse com uma ação de Justa Causa contra a empresa na justiça do trabalho. “E é isso que nós vamos fazer, porque estamos aqui para defender os direitos dos trabalhadores”, desabafou Santana.