Em nome da segurança dos funcionários do Polo Industrial de Manaus (PIM), todos os trabalhadores das indústrias Naval, Eletroeletrônica, Magnética e Metalúrgicas estarão liberados do terceiro turno de hoje (06) e da rota das 04 horas da manhã, até que a paz volte a reinar na cidade de Manaus.

 

A decisão é dos presidentes do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas e Central Única dos Trabalhadores (CUT-AM), Valdemir Santana e do Centro das Indústria de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Estado do Amazonas (SINAEES), Wilson Périco.

 

Valdemir também conversou com o vice-presidente da Federação e presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Manaus, Nelson Azevedo e com presidente do Sindicato das Indústrias de Meios Magnéticos e Fotográficos do Estado do Amazonas, Amauri Carlos Blanco e eles concordaram em suspender a rota de 04 horas da manhã, até às 06 ou 07 horas.

 

Os presidentes, laboral e patronal, disseram que temem pela segurança dos trabalhadores, devido os últimos acontecimentos na cidade de Manaus. Valdemir disse que a decisão, serve para evitar que os acontecimentos terminem por atingir trabalhadores, quando eles estiverem indo para o trabalho nas fábricas do Polo Industrial de Manaus.

 

Fonte: Correio da Amazônia