download (1)Após denúncia feita ao Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), o presidente do sindicato, Valdemir Santana, comprovou que a empresa Microsoft está realmente fazendo demissões irregulares de trabalhadoras grávidas e trabalhadores com doenças ocupacionais.

Segundo Santana, o Sindmetal-AM vai denunciar o caso ao Ministério do Trabalho e também entrará com uma ação na justiça do trabalho.

“Ficamos surpresos ao comprovarmos essa situação numa empresa multinacional como a Microsoft. Por isso, peço que os trabalhadores continuem ajudando o sindicato, denunciando as irregularidades que estejam ocorrendo nas empresas”, declarou Santana.