Valdemir-e-ThomazO presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas e presidente da Central Única dos Trabalhadores no Estado (CUT-AM), Valdemir Santana, disse ao BNC que o secretário de Estado de Planejamento, Thomaz Nogueira, só atrapalha o desenvolvimento do Amazonas.

“Me diga o que ele já fez pelo Estado? Pelo contrário: só atrapalha. Ele não é um desenvolvimentista, é um arrecadador”, disse Santana ao se queixar que há um ano tenta, em vão, dialogar com o governador José Melo (Pros) sobre a crise no Polo Industrial de Manaus e não consegue ser recebido.

“Toda vez o governador joga para o secretário Thomaz, que não resolve nada. Temos sugestão para apresentar ao Governo. Temos proposta para o setor de duas rodas, que é o setor mais crítico do Polo Industrial de Manaus e não estamos sendo ouvidos. A classe trabalhadora quer ser ouvida”, queixou-se Santana.

 Seminário

Abordado sobre o assunto, o secretário de Thomaz Nogueira evitou discutir com o presidente da CUT e aproveitou a situação para anunciar que no dia 10 de março está previsto a realização de um seminário envolvendo o Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam) e os fabricantes de duas rotas do PIM para discutir o setor.

Perguntado se a classe trabalhadora seria convidada a participar dessa discussão, Thomaz titubeou e comentou: “Bem, na verdade, não convidamos porque queremos discutir o setor com os donos do negócio”.

Ele também disse que a Secretaria de Estado do Planejamento vem tratando deste assunto e discutindo soluções para o enfrentamento da crise desde o ano passado.

Política

O pano de fundo da barrigada que a CUT-AM está levando do governo, porém, ainda são as feridas expostas da campanha política de 2014. A central não apoiou o governador José Melo e optou por apoiar o senador Eduardo Braga (PMDB) ao Governo do Estado.

Fonte: BNCAMAZONAS.COM.BR

Foto: Montagem/Reprodução/Internet