DIGIBOARD

O Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-Am), através de seu presidente, Valdemir Santana e membros da diretoria, apuraram contratação de trabalhadores através de terceirização irregular na empresa Digiboard.

Imediatamente o Sindmetal-Am protocolou um Acordo Coletivo de Trabalho junto às empresas tomadora e terceirizada, notificando-as dos direitos dos trabalhadores que devem ser respeitados e assegurados, garantindo o cumprimento de todas as Cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho vigente da categoria.

Leia o conteúdo do Acordo Coletivo de Trabalho na íntegra, CLIQUE AQUI.

De acordo com Santana, o sindicato tem recebido várias denúncias sobre este assunto. “Pedimos que os trabalhadores continuem denunciando essas irregularidades. É dessa forma que vamos combater a terceirização irregular”, desabafou o presidente.

LG

Os trabalhadores da LG denunciaram a terceirização irregular no setor de almoxarifado da empresa, o que acarreta um golpe sobre os direitos dos trabalhadores assegurados pela legislação do trabalho. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, Valdemir Santana informa aos trabalhadores que ainda nesta semana o sindicato estará entrando em contato com a LG para que todos os trabalhadores que estão nesta situação tenham a garantia de seus direitos trabalhistas, “pois esta situação é absurda e não podemos admitir estas irregularidades nas empresas do Distrito Industrial”.

Santana também informou que, caso a empresa não regularize a situação, o sindicato vai entrar com ação na justiça para que todos os trabalhadores que estão nesta situação sejam contratados diretos pela empresa, garantindo assim os direitos trabalhistas de cada trabalhador.