Sindmetal-Am na luta pelos direitos dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus

//Sindmetal-Am na luta pelos direitos dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus

Sindmetal-Am na luta pelos direitos dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-Am), Valdemir Santana, informa aos trabalhadores das empresas Flextronics, Samsung SDS, GBR Componentes da Amazônia, Flex Imp. Exp. Ind. e Com. de Máquinas e Motores Ltda, Metalúrgica Sato, Ifer da Amazônia, Calcomp, Visteon, Siemens, Positivo Informática e Bored Indústria de Componentes, que foram encaminhados ofícios e notificações com prazos para resolver diversos problemas que estão ocorrendo contra os trabalhadores nestas empresas.

As empresas Flextronics, Samsung SDS, GBR Componentes Da Amazônia, Calcomp, Visteon, Siemens e IFER da Amazônia, foram notificadas pelo Sindmetal-Am para que promovam o imediato enquadramento adequado dos trabalhadores, na forma prevista na Convenção Coletiva de Trabalho, adotando o reajuste dos índices e piso salarial previsto para a atividade e que promova o referido enquadramento com a aplicação do reajuste aos salários e adoção do piso salarial convencionado no tempo previsto, e que todas as demissões ocorridas posterior a data 01 de agosto de 2017, sejam consideradas nulas, devendo haver a reintegração imediata de todos os empregados.

No caso das empresas GBR Componentes da Amazônia, Flex Imp. Exp. Ind. E Com. de Maquinas e Motores Ltda e Metalúrgica Sato foram constatadas que estas empresas ainda não contrataram plano de saúde a todos os seus empregados e não mantem a contratação de vagas ou o pagamento mensal a título da vaga de creche a todas as crianças com idade de até 06 (seis) anos de idade, e que as promoções e reenquadramento de função de seus empregados encontram se, defasadas e em total desconformidade com a realidade produtiva.

Nas empresas Positivo Informática e Bored Ind. de Componentes Ltda, há elevados números de contratados como mão de obra temporária, Valdemir Santana afirma que tal fato excede o número máximo permitido em Lei, e que diante deste fato, o Sindicato solicita a imediata adequação o número máximo permitido para esta modalidade de contratação, e que a todos os contratados não importando a sua modalidade, devem ser assegurados a adoção de plano de saúde inclusive seus dependentes e creche a todas as crianças com idade até 06 (seis) anos.

Diante deste quadro Valdemir Santana, presidente do Sindmetal-Am, declara que está em defesa dos trabalhadores, acionando a justiça, para que todos tenham melhores condições de vida e de trabalho, lutando para conquistar tudo aquilo que o trabalhador tem direito, e que as empresas tem prazo para cumprir com todas estas obrigações trabalhistas.

2017-11-01T16:38:09+00:00 Blog de Notícias|0 Comentários