Foto; Mirinéia Nascimento

Foto; Mirinéia Nascimento

Os trabalhadores das categorias Eletrônicos, Metalúrgica, Meios Magnéticos e da Construção Naval discutiram e aprovaram no final da tarde desta quinta-feira (5), em Assembleia Geral, realizada no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), a Pauta de Reivindicações dos trabalhadores para a Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015 (CCT).

A CCT em vigor possui 64 cláusulas, pactuadas entre o sindicato dos trabalhadores e o sindicato patronal, que estabelecem regras de relações de trabalho como reajuste salarial, piso salarial, transporte, creche, Participação nos Lucros e Resultados (PLR), assistência médica, plantão ambulatorial, entre outras. Para a CCT 2014/2015 novas cláusulas serão inseridas e nas já existentes serão incorporadas melhorias.

Sobre a questão de vagas em creche, o presidente do Sindmetal, Valdemir Santana, informou aos trabalhadores que as empresas, por serem beneficiadas com incentivos fiscais, são obrigadas a oferecerem vagas nas creches para os filhos dos funcionários. “A luta do nosso sindicato é colocar nossos filhos para estudar cedo”. Santana destacou que as empresas não concedem tais benefícios de forma espontânea, ao contrário, elas tentam burlar os direitos dos trabalhadores. “Nós conseguimos esses direitos brigando, não foi nada de graça. Então vamos exigir o que é nosso”, declarou.

Oportunamente, o presidente pediu a participação dos trabalhadores nas comissões de PLR’s. Segundo ele, uma nova cláusula será inserida na CCT 2014/2015, para garantir o emprego daqueles que participarem da comissão. “O sindicato pode negociar sozinho com as empresas, mas nós queremos que vocês participem para que a comissão possa passar aos colegas de trabalho o que está sendo discutindo de PLR”.