Essa foi a afirmação do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal), Valdemir Santana, ao falar sobre o fechamento dos calendários anuais para o ano de 2015.

Santana explicou que as empresas não pagam um dia de trabalho aos seus funcionários nos meses de janeiro, março, maio, julho, agosto, outubro e dezembro, que terminam no dia 31.

Segundo ele, é por esse motivo que o sindicato ainda não fechou as negociações dos calendários anuais com as empresas. “Tem empresa cara de pau querendo que o trabalhador compense inclusive o dia 31 de dezembro. O sindicato não aceitará isso”, afirmou o presidente.