trabalhadores-demitidos-da-eloCerca de 90 trabalhadores demitidos da ELO, estiveram reunidos no Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), nesta quarta-feira (21), solicitando a intervenção do sindicato para receberem o valor da rescisão de trabalho.

Sindmetal entra com ação judicial para que a empresa pague os trabalhadores demitidos da ELO

De acordo com o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), Valdemir Santana, o sindicato entrará com uma ação judicial para que a empresa cumpra com a obrigação de pagar os trabalhadores demitidos da ELO. Na ocasião, os trabalhadores elegeram uma comissão para acompanhar o caso junto ao sindicato.

Empresas continuam oferecendo alimentação de baixa qualidade

Segundo Santana, existe um número muito grande de reclamações no sindicato sobre a alimentação que algumas empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) estão oferecendo aos trabalhadores. “As empresas estão oferecendo alimentação de baixo valor calórico e de proteína para o trabalhador”, declarou o presidente do Sindmetal-AM.

As reclamações são maiores nas empresas: Honda, Eletrolux, Midea e Flex.

Será que essas empresas estão reduzindo custos em cima da alimentação do trabalhador?

O presidente do sindicato disse que estará pessoalmente verificando esta situação junto as empresas e que o Sindmetal-AM fará com que elas cumpram a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Demissões LG

Foi apurado que as demissões ocorridas na empresa LG são de trabalhadores contratados por prazo determinado.

Leia a mais sobre este assunto, clique aqui